Posted on

Webinar: Esteatose Hepática, o que todo médico precisa saber: Clínica, Ultrassom e Elastografia

Webinar epatologia-doencasdofigado

A Esteatose Hepática ocorre devido ao acúmulo excessivo de lipídios nos hepatócitos. Sua prevalência vem aumentando em todo o mundo em decorrência de fatores como: mudanças no estilo de vida, hábitos alimentares e evolução nos métodos diagnósticos. O seu espectro inclui desde esteatose simples, esteato-hepatite, cirrose, podendo evoluir até o carcinoma hepatocelular.

Atualmente o nível de conhecimento disponível a cerca deste tema torna inadmissível que nós médicos tratemos a Esteatose Hepática como uma simples “gordurinha no fígado”.

Precisamos nos manter cada vez mais atualizados sobre esta doença e as suas consequências para que assim possamos, independentemente de especialidade, orientar da melhor maneira o nosso paciente.

É com esta motivação, que convidamos você a participar do nosso Webinar sobre Esteatose Hepática e a aprender um pouco mais sobre a sua clínica e imagem, incluindo aqui os achados ultrassonográficos e elastográficos.

Você não pode perder!

[ EVENTO GRATUITO ]

Entrega de certificado de participação ao final do webinar


Data: 24 de Maio

Horário: 18h00


Dra. Fernanda Schild Branco de Araújo
Médica Gastroenterologista;
Doutorado em Hepatologia pela Fundação Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre e Universidade de Barcelona;
Fellow no Serviço de tumores de Fígado – BCLC e Serviço de Ecografia do Hospital Clínic de Barcelona-Espanha;
Membro Titular da Sociedade Brasileira de Hepatologia.
Confira curriculum completo

Dr. Fernando Guastella | Cetrus


Dr. Fernando Guastella
Residência Médica em Ginecologia e Obstetrícia pelo HC FMUSP;
Ultrassonografista formado pelo Cetrus e titulado pelo CBR em US Geral e US Vascular;
Coordenador do curso de Elastografia do Cetrus.
Confira curriculum completo

11 Replies to “Webinar: Esteatose Hepática, o que todo médico precisa saber: Clínica, Ultrassom e Elastografia”

  1. Se houvesse um link para que nós, pacientes, pudéssemos nos inteirar sobre o tema! Fico contente e agradecido quando percebo interesse dos Médicos pela Hepatologia. Se me permitem o desabafo, pelos quase 17 anos que faço “monitoramento hepático” raramente ouvi referência a Esteatose Hepática como Doença de Fato, porque geralmente é considerado “sintoma” decorrente de excessos a mesa! Como se “mera dieta” viesse fazer o metabolismo e a genética “normalizar”! P.S.: Em havendo link e preferirem informar por email podem fazê-lo!

  2. Também não consegui acessar, tem alguma gravação que eu possa assistir?
    Grata,
    Ana Lucia M Molina Werner

  3. Não consegui acessar…ficar a em alguma plataforma???grata Ana P Rodrigues / aluna Cetrus curso elasto nov 19

  4. Muito importante esse tema. Lembro que eu falei sobre esteatose há mais de 5 anos, aí no cetrus, quando não se falava em elastografia. Parabéns a toda equipe que acompanha a evolução da medicina.

  5. Ótimo tema frequência de diagnóstico
    Será uma grande oportunidade de conhecer melhor o método
    Da elastografia hepática

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *